Saúde da Pele

Como cuidar da pele depois do Verão

Como cuidar da pele depois do Verão, acabaram os dias longos, os finais de tarde ao sol, na varanda ou na praia, os fins de semana a passear no meio da natureza e com isso, termina o período do ano que mais expomos a nossa pele ao sol.

O sol, quando bem aproveitado com a proteção adequada e em moderação tem inúmeros benefícios para todo o nosso organismo.

A exposição à radiação leva ao aumento da produção de vitamina D no nosso organismo bem como a libertação de neurotransmissores que nos deixam com menos ansiedade e mais felizes. Mas não só!

A radiação UV pode ter efeitos vantajosos para a pele! Sabemos que sem proteção solar e em excesso causa fotoenvelhecimento e provoca queimaduras, mas os raios UVB têm um poder anti-inflamatório conhecido, pelo que durante o Verão é comum vermos alguns problemas de pele melhorar, como a psoríase, o eczema e até o acne! Mas lembrem-se: sempre com proteção solar, evitando as horas de maior calor e longos períodos de exposição.

No final do Verão volta a surgir acne, aparecem manchas que podem estar relacionadas com o excesso de exposição solar e, por norma, as pessoas queixam-se de pele desidratada!

Por isso, vamos dar algumas dicas de como cuidar da pele no início do Outono, para que a pele se
mantenha saudável e radiante mesmo nas estações frias.

Acne

Depois de uma fase sem acne no Verão é comum a queixa no Outono: “o meu acne voltou e está ainda pior”. A ação anti-inflamatória do sol deixa de ter efeito e a verdade é que durante a exposição solar a pele fica mais espessa e desidratada, fazendo com que este efeito de melhoria seja muito passageiro.

O espessamento da pele leva a poros obstruídos que rapidamente levarão ao aparecimento de imperfeições e a pele desidratada leva ao aumento da produção de sebo para compensar e regular a pele.

Voltamos a ter então uma pele com excesso de produção de sebo e acne. Para cuidarmos da pele nesta fase devemos ter ainda mais atenção à higiene do rosto. Dar preferência nestas situações a produtos que limpem em profundidade os poros, de preferência géis de limpeza com enxaguamento.

Sugestões de produtos de limpeza:

 

 

 

Depois devemos usar um cuidado que evite e controle a produção de sebo, reduza o espessamento da pele e reduza a inflamação. Assim, devemos procurar produtos com ingredientes como a niacinamida e o chá verde que regulam a produção de gordura e ácido salicílico, ácido glicólico ou alfa-hidroxiácidos que esfoliem a camada externa da pele.

Mas acima de tudo, devemos recuperar o nível de hidratação da pele e continuar sempre com proteção solar.

Produtos que controlam a produção de sebo:

 

 

Produtos com ação esfoliante:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por fim, hidratar a pele com um produto não comedogénico, que devolva água à pele e que evite a sua evaporação:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pele desidratada

E como durante o verão há um espessamento da pele, há também uma desaceleração da produção de sebo. Esta gordura que fica à superfície da pele é essencial para proteger e evitar a evaporação de água.

Com esta camada lipídica reduzida, a pele fica desidratada facilmente, sendo normal começarmos o Outono com a pele desconfortável, com sensação de repuxar e com os níveis de hidratação e nutrição muito reduzidos.

Com a desidratação da pele, é normal que esta fique baça, apresente rídulas e até descame em situações mais graves.

Devemos, assim que possível, reequilibrar a pele, introduzindo produtos que hidratem em profundidade, dando preferência a moléculas que retenham água na pele mas também utilizando produtos com emolientes que evitem a evaporação da água e nutram a superfície da pele.

Sugerimos introdução de compostos com o ácido hialurolónico, niacinamida, ureia, glicerina e óleos vegetais. É importante verificarmos sempre se estamos a escolher um produto adequado ao tipo de pele: seca, mista ou oleosa.

 

Sugestões de hidratação para peles mistas a oleosas:

Sugestões para todos os tipos de pele:

Sugestões para pele seca:

Pigmentação

As manchas na pele do rosto são um dos problemas de pele que mais preocupa as mulheres levando a procurar um dermatologista e aconselhamentos de produtos de dermocosmética.

As manchas são causadas pelo aumento de produção de melanina, o pigmento natural da pele. Esta produção excessiva de melanina acontece frequentemente por elevada exposição solar sem precaução e pode demorar anos até ser visível. Por isso é necessário fazer proteção solar todo o ano e todos os dias!

Quem tem a pele predisposta a ter manchas, é normal que no final do verão veja alterações da coloração da pele. É altura de começarmos a pensar em uniformizar o tom, modificando um pouco a rotina.

Existem algumas substâncias que são usadas em tónicos, séruns e cremes e ajudam a esfoliar a cama mais externa da pele para removermos a mancha, como por exemplo o ácido glicólico, a vitamina C, o ácido kojico, o ácido tranexâmico a vitamina B3, ou alguns extractos de plantas.

O ideal será sempre consultar um dermatologista para introduzirmos um tratamento adequado ao tipo de mancha!

Deixamos alguns produtos que podem ser usados, tendo em conta que é necessário fazer proteção solar elevada e repor o protector várias vezes ao dia.

A maioria dos produtos despigmentantes demoram vários meses a apresentar resultados, já que é necessário uma completa renovação celular da pele.

Exemplos de produtos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tens dúvidas relativamente a algum destes produtos?

Envia-nos e-mail ou contacta-nos através do Instagram ou Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *